Odette Ernest Dias

Odette Ernest Dias

Flautista e pesquisadora francesa, naturalizada brasileira. Nascida em Paris em 1929, estudou flauta transversal, história da música e estética no “Conservatório de National Supérieur de Musique” onde obteve em 1951, o primeiro prêmio de flauta e a primeira medalha de estética. No mesmo ano, obteve por unanimidade a “primeira medalha de flauta” no Concurso Internacional de Genebra (Suiça). Em 1952, veio ao Brasil a convite do Maestro Eleazar de Carvalho para integrar a OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira) da qual fez parte até 1969, quando passou aos quadros da Orquestra Sinfônica Nacional até 1974. Foi membro das orquestras da Rádio Tupi, Mayrink da Veiga, Rádio Nacional e TV Globo. Participou de inúmeras gravações com artistas brasileiros popular. Desenvolveu atividade como solista de orquestra, recitalista e camerista tendo fundado o Conjunto “Camerata do Rio”. Foi professora do Conservatório Brasileiro de Música e da Pró-Arte. Convidada pela UnB (Universidade de Brasília) em 1974, permaneceu até 1994 como professora de flauta, estética e musicologia. É titular daquela Universidade por “notório saber”. Foi professora visitante da UT (Universidade do Texas / Austin) no ano letivo de 1982; professora visitante da UFMG em 1992. Nos últimos 25 anos seu interesse crescente pela formação da música brasileira tem sido o incentivo para pesquisa desse assunto, tendo como resultado vários discos gravados, artigos e livros publicados e participação em congressos especializados, além de recitais freqüentes no Brasil e no exterior.

Antonio Carlos Guimarães

Antonio Carlos Guimarães

É professor de flauta na Universidade Federal de São João del-Rei. Doutor em Artes Musicais pela University of  Iowa, EUA. Apresentou-se em diversas regiões do Brasil e lecionou em vários Festivais de Música, recentemente lecionou um seminário e master-classe de Música Brasileira para Flauta na Academia de Música de Malmö, Suécia. Em 2004 apresentou-se como convidado do VI Festival de Flautistas de Salvador promovido pela ABRAF. Estudou flauta com Artur Andrés, Odete Ernest Dias, Antonio Carrasqueira, Tadeu Coelho, Robert Dick, Keith Underwood, e no Aspen Music Festival com Mark Sparks. Diretor de Eventos Científicos da ABRAF (2011/2014).

Raul Costa d'Avila

Raul Costa d'Avila

Professor de Flauta Transversal na Universidade Federal de Pelotas. Integrante do NuMC / UFPel – Núcleo de Música Contemporânea. Mineiro de Ubá, vem participando de vários acontecimentos musicais entre eles: III Encontro Estadual de Flautistas do RS (UFPel / 2010 – Coordenador), Cycle de Musique Contemporaine du Brésil (Paris / 2010), VI Contemporâneo RS / Pelotas (2009), II Encontro Estadual de Flautistas do RS (UFSM / 2009); Festivais Internacionais de Flautistas/Associação Brasileira de Flautistas, entre outros. Autor do livro, “A Articulação na Flauta Transversal Moderna Uma abordagem histórica, suas transformações, técnicas e utilização”, publicado pela Editora da UFPel, 2004. Doutor em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal da Bahia. Secretário da Associação Brasileira de Flautistas (ABRAF) gestão 2011/2014.

Anúncios